domingo, 14 de junho de 2015

Guia de autoproteção para desastres e situações de anormalidade

Esta é uma excelente obra com 66 páginas.  Segue o prólogo desse guia de autoproteção para desastres e situações de anormalidade.

Para algumas pessoas este guia poderá parecer exagerado e sensacionalista. Porém, qualquer análise mais apurada e que tenha como base uma percepção mínima de risco revelará que existe a necessidade de cada cidadão saber proteger a si próprio e a sua família em desastres ou situações de anormalidade.
Em muitos países a cultura de autoproteção já está presente na vida das pessoas como algo normal e é muito comum encontrar guias similares a este em muitas cidades norte americanas e europeias, e por este motivo muitas famílias passam por situações de desastres com pouco ou nenhum impacto e conseguem restabelecer sua normalidade muito mais facilmente. Portanto não se faz aqui nenhuma previsão de desastre e não há a intenção de causar pânico ou situações de histeria na população, pelo contrário, a intenção é dar informações suficientes para que cada cidadão possa antecipar-se aos eventos, agindo de forma calma e racional, reduzindo assim os efeitos do desastre sobre sua vida cotidiana.
Também não nos referimos a acontecimentos cataclísmicos, mas a períodos prolongados de chuva, vendavais, estiagens, incêndios, colapsos econômicos, mudanças políticas extremas, contaminação de águas, contaminação do ar por vazamento de produtos químicos e tantas outras situações que são ameaças reais, podem acontecer quando menos esperarmos e causar um colapso nos serviços básicos, colocando-nos em uma situação bastante complexa. 
Por este motivo é importante que o cidadão saiba como agir de forma proativa para que possa manter-se sem auxílio assistencial externo por um período mínimo de 72 horas (3 dias).

DOWNLOAD